Dia Mundial da Saúde: por que a data é comemorada no dia 7 de abril?

Neste ano, o tema é “Minha saúde, meu direito”; origem da data veio da Organização Mundial da Saúde

O mês de março está chegando ao fim e, com isso, aproxima-se o Dia Mundial da Saúde. Anualmente, a comemoração da data acontece no dia 7 de abril.

Quem instituiu a honraria foi a Organização Mundial da Saúde em 1950. De acordo com o site Ministry of Health and Welness, o intuito era celebrar a fundação da OMS (surgida no dia 7 de abril de 1948), como também chamar a atenção mundial para assuntos de relevância relacionados ao tema.

Por isso, a instituição envolve-se com eventos internacionais, regionais e locais, abordando diferentes focos a cada ano. Para exemplificar, em 2023, a ideia era de “Saúde para todos”, juntamente do 75º aniversário da OMS. “A meta ‘Saúde para Todos’ prevê que todas as pessoas tenham boa saúde para uma vida plena em um mundo pacífico, próspero e sustentável. O direito à saúde é um direito humano básico. Todos devem ter acesso aos serviços de saúde de que precisam, quando e onde precisam, sem dificuldades financeiras. 30% da população global não tem acesso a serviços essenciais de saúde”, apontou a Biblioteca Virtual em Saúde.

Tema de 2024

Já em 2024, o lema é “Minha saúde, meu direito”. Conforme comunicado, a escolha do tema chegou para “defender o direito de todas as pessoas, em todos os lugares, de terem acesso a serviços de saúde, educação e informação, bem como à água potável, ao ar puro, à alimentação saudável, à moradia de qualidade, a condições ambientais e de trabalho decentes e a viverem livres de discriminação”.

Por fim, a nota ainda acrescenta: “O Conselho de Economia da Saúde para Todos da OMS concluiu que, embora pelo menos 140 países reconheçam a saúde como um direito humano na sua constituição, apenas quatro mencionaram como financiá-la. A queima de combustíveis fósseis está impulsionando a crise climática e retirando o nosso direito de respirar ar puro. A poluição do ar interior e exterior ceifa uma vida a cada cinco segundos”.

 

 

 

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados