Eloy Casagrande no Slipknot? Entenda todos os rumores

Baterista, considerado o melhor do metal pela Drumeo em 2022, deixou o Sepultura sem aviso prévio e de surpresa em fevereiro

No último mês de fevereiro, o Sepultura fez um anúncio que surpreendeu os fãs. Poucos dias antes do início da turnê de despedida “Celebrating life through Death”, a banda comunicou que o baterista Eloy Casagrande estava deixando o grupo para seguir outro projeto, sendo substituído por Greyson Nekrutman (antes no Suicidal Tendencies).

Em nota, os músicos citaram que os próprios não esperavam a decisão do companheiro, realizada sem aviso prévio, e tiveram que correr contra o tempo:

“O Sepultura tem um compromisso com os seus fãs de entregar uma turnê – ao longo dos próximos 18 meses – que vai celebrar os 40 anos da banda e também a sua despedida dos palcos. Intitulada ‘Celebrating life through death’, a tour, como bem definiu o grupo no momento do anúncio, é uma ‘morte consciente e planejada’. Por mais que soe poética, essa foi também a maneira de dizer ao público que muitas conversas aconteceram para essa tomada de decisão.

Uma turnê dessa magnitude só sai do papel diante do comprometimento, da ética e da lealdade dos integrantes com os seus fãs, além do respeito com a história da banda – algo que Andreas Kisser, Derrick Green e Paulo Xisto têm como prioridade. No último dia 6 de fevereiro, poucos dias antes do primeiro ensaio, em uma reunião extraordinária, o baterista Eloy Casagrande comunicou à banda e aos empresários a sua saída do Sepultura para seguir carreira em outro projeto.

A banda foi pega de surpresa, sem aviso prévio ou qualquer tipo de debate sobre como fazer a transição. A comunicação foi feita e ele se desligou imediatamente da banda, abandonando tudo relacionado ao Sepultura. Felizmente, o virtuoso baterista americano Greyson Nekrutman assumirá o cargo de Eloy Casagrande, e será recebido como o novo integrante da banda na turnê de despedida ‘Celebrating Life Through Death’.”

Resposta de Eloy Casagrande

Dessa maneira, em resposta, Eloy publicou que “precisou fazer escolhas” e que “há muito por vir”:

“Gostaria de comunicar a minha saída do Sepultura. Ter feito parte da maior banda de metal brasileira foi das melhores e mais ricas experiências da minha vida. Só agradeço a cada um dos integrantes e a toda equipe. Foi uma história de quase 13 anos, em que tive a oportunidade de aprender e contribuir com cada música, show e gravação. Foram anos de muita entrega, intensidade e comprometimento. Então, por isso, antes de mais nada, reitero meu agradecimento ao Sepultura e aos fãs por tudo o que passamos. Talvez para os fãs da banda não faça sentido neste momento, mas decisões precisaram ser tomadas pensando em novos ciclos que virão. Somos feitos de escolhas e elas nem sempre se dão de maneira fácil. A minha saída jamais apagará meu respeito e gratidão à banda. Felizmente há muito por vir. Espero seguir fazendo muita música e arte.”

Eloy no Slipknot?

Em suma, diante da situação, os fãs começaram a especular que Eloy Casagrande poderia estar no Slipknot. Tudo começou quando, em novembro de 2023, o grupo mascarado anunciou a demissão de seu baterista Jay Weinberg (que, agora, acabou anunciado no Suicidal Tendencies). Logo em seguida, o portal americano Metal Injection, especializado tradicional no meio do metal, colocou o brasileiro como um dos possíveis nomes para a substituição.

De início, ele levou a questão “na brincadeira”. Durante coletiva de imprensa, justamente para detalhar a despedida do Sepultura, disse em tom bem-humorado sobre o assunto: “na verdade, eu comecei a tocar com o Paul McCartney. Se você for no show hoje, eu vou estar lá”. 

Contudo, para a Band, não descartou a possibilidade: “É um movimento da internet. Na verdade, não está acontecendo nada. Na vida real, estou focado na turnê do Sepultura. Quem sabe no futuro, ao término da banda, sim, aconteça alguma coisa com o Slipknot. Mas por enquanto são só boatos. Gosto muito dos caras. O Slipknot é uma banda expoente no mundo do metal”.

Assim, com a saída do músico justamente quando o Slipknot está prestes a voltar aos palcos depois de meses (mais especificamente, em abril), o público começou a ligar os pontos. Aumentando os boatos, Andreas Kisser, guitarrista do Sepultura, ainda compartilhou nos Stories um texto que declarava o seguinte:

“Se ele for mesmo para o Slipknot, é graças à visibilidade que teve através do Sepultura. Continuo achando Eloy um baterista f#da, pois ele é independente de qualquer coisa, mas a atitude dele foi realmente lamentável.”

Mi Gloria, vocalista do Gloria – banda onde Eloy ficou ao longo de 2011 – , também se pronunciou:

“Toda sorte do mundo ao meu amigo Eloy, estou com ele sempre!!”

Mais evidências

Para completar, o Slipknot postou uma foto um tanto quanto suspeita no dia 9 de março. A publicação mostrava uma baqueta quebrada, com a legenda “ensaio”. Curiosamente, é um modelo signature usado por Eloy.

A sua entrada na banda virou tão real que os fãs começaram uma petição para ajudar o músico na escolha de sua máscara – marca de cada um dos integrantes do Slipknot no palco. Até o momento, a preferida envolve o Fofão!

Por fim, veja um vídeo de Eloy, considerado o Melhor baterista de Metal pela Drumeo em 2022, tocando “Heretic Anthem”, do Slipknot, em 2021:

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados