Cinebiografia de Ney Matogrosso ganha primeira imagem oficial

Ainda não há data de lançamento prevista para a obra.

Homem com H“, cinebiografia de Ney Matogrosso, ganhou sua primeira imagem oficial. Ainda não há data de lançamento prevista para a obra.

Quem será o responsável por interpretar o ícone da música brasileira é o ator Jesuíta Barbosa, que ganhou destaque por seus trabalhos na televisão e no cinema nacional. Ademais, Emir Reis é o diretor da obra. As gravações já começaram há, pelo menos, seis semanas entre o Rio de Janeiro e São Paulo. O filme é produzido pela Paris Entretenimento, com distribuição da Paris Filmes.

Sobre a cinebiografia, a obra pretende mergulhar na história de Ney de Souza Pereira, abordando suas origens simples até a transformação no ícone que se tornou. Aliás, a trama também deve explorar momentos históricos-políticos que marcaram a carreira do artista, como os sucessos da banda Secos e Molhados em plena ditadura militar. Ademais, outras lendas da música como Cazuza, interpretado por Jullio Reis, serão retratados no filme.

Contudo, também integram o elenco artistas como: Bruno Montaleone (Marco de Maria), Romulo Braga (Antonio, pai de Ney), Hermila Guedes (Beita, mãe de Ney), Mauro Soares (João Ricardo), Jeff Lyrio (Gerson), Carol Abras (Lara), Lara Tremoroux (Regina), entre outros.

Ney Matogrosso

Ney de Souza Pereira marcou o cenário musical brasileiro. Sua carreira começou na banda Secos e Molhados, mas seu sucesso veio mesmo com a carreira solo, a partir de 1975. Entretanto, seu primeiro disco, intitulado “Água do Céu – Pássaro”, não vingou entre o público, que ainda tentava se acostumar com o estilo extravagante e único do artista. Isso porque, na própria capa do álbum, Ney Matogrosso aparece pintado, com chifres, além de pulseiras de dentes de boi.

Em 1976, o artista lançou “Bandido”, seu segundo trabalho de estúdio. Entre os sucessos, destaca-se a canção “Bandido Corazón”, composta por Rita Lee. Aliás, nesta era, a essência escandalizadora de Ney Matogrosso não diminuiu e “Bandido” é considerado o espetáculo mais ousado de sua carreira.

Leia também: Filme “Saudosa Maloca” ganha primeiro trailer

Por: Giovana Marchesini

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados