Ringo Starr comenta sobre conversa recente que teve com Paul McCartney

Ringo Starr, o lendário baterista dos Beatles, revelou recentemente em uma entrevista à GQ Magazine detalhes sobre a relação de trabalho e amizade entre ele e seu antigo companheiro de banda, Paul McCartney.

Assim sendo, em uma conversa emocionante, Starr compartilhou como ele e Macca celebraram o sucesso do lançamento de “Now and Then”, que alcançou o primeiro lugar nas paradas. “Eu estava conversando com Paul no FaceTime outro dia e dissemos: ‘N° 1, irmão, sim! Cinquenta e quatro anos desde a última vez!'”, revelou Starr, destacando a longa história de colaboração e conquistas que compartilham.

No entanto, a história dos Beatles poderia ter sido drasticamente diferente. Se não fosse pela insistência e dedicação incansável de McCartney, como revelou Starr em uma entrevista anterior à rádio KMRS, os rumos da banda possivelmente seriam outros.

O baterista ressaltou como McCartney motivava o grupo a trabalhar mais, garantindo que sua produção musical não se limitasse a apenas dois álbuns. “Se Paul não estivesse na banda, nós provavelmente teríamos feitos dois álbuns porque éramos bem preguiçosos. Mas Paul é um workaholic”, admitiu Starr.

Além disso, ele descreveu situações em que McCartney os convocava para o estúdio, mesmo quando outros membros da banda resistiam. Apesar das reclamações iniciais, Starr enfatizou o prazer que todos compartilhavam quando estavam juntos no estúdio, criando música. “Quando nós quatro tocávamos, era apenas o melhor lugar do mundo para se estar”, disse Starr, relembrando a alegria de tocar com John, George e Paul.

Ringo Starr sobre os eternos John Lennon e George Harrison

Além de celebrar o sucesso e lembrar os dias de glória dos Beatles, Ringo Starr também refletiu sobre a ausência de John Lennon e George Harrison. Ele descreveu os Beatles como “a melhor banda do mundo” e admitiu que nem sempre é fácil lidar com as memórias de seus amigos perdidos. “Isso não quer dizer que eu não os ame, mas alguns dias são impossíveis de lembrar. E tem dias que a lembrança vem com força. Eu sinto a falta de John e de George”, descreveu Starr, destacando a profunda conexão que compartilhavam.

Leia também: Rod Stewart, Vanessa da Mata e mais: os lançamentos da semana

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados