10 clássicos do cinema dos anos 80 para você revisitar

O cinema dos anos 80 é repleto de clássicos inesquecíveis. Até hoje, muita gente reverencia algumas das produções daquele momento, e sequências destes longa-metragens também foram produzidos. Aliás, de filmes românticos até ficção científica, os roteiros daquele momento marcaram diversas gerações. Em suma, relembre conosco alguns destes filmes:

O Exterminador do Futuro (1984)

O Exterminador do Futuro é um filme de ficção científica de ação americano de 1984 dirigido por James Cameron. Além disso, ele é estrelado por Arnold Schwarzenegger como o Exterminador, um ciborgue assassino enviado de volta no tempo de um futuro apocalíptico para matar Sarah Connor (Linda Hamilton), a mãe que dará à luz o futuro líder da resistência humana contra as máquinas.

Os Goonies (1985)

Aliás, outro clássico do cinema dos anos 80, Os Goonies conta a história de um grupo de amigos desajustados chamados de Goonies que descobrem um mapa do tesouro no sótão da casa de Mikey. No entanto, o mapa os leva a uma aventura subterrânea em busca do tesouro de Willy Caolho, um lendário pirata.

Os Caça-Fantasmas (1984)

Os Caça-Fantasmas é um filme de comédia sobrenatural americano de 1984 com direção de Ivan Reitman e escrito por Harold Ramis e Dan Aykroyd. É estrelado por Bill Murray, Dan Aykroyd e Harold Ramis como três parapsicólogos desiludidos que abrem um negócio de extermínio de fantasmas em Nova York. Aliás, o filme também é co-estrelado por Ernie Hudson como o quarto Caça-Fantasmas, Sigourney Weaver como Dana Barrett e Rick Moranis como Louis Tully.

De Volta Para o Futuro (1985)

De Volta para o Futuro é um filme americano de ficção científica de comédia de 1985 dirigido por Robert Zemeckis e escrito por Zemeckis e Bob Gale. É estrelado por Michael J. Fox como Marty McFly, um adolescente que viaja no tempo acidentalmente até 1955 em um DeLorean modificado em uma máquina do tempo pelo excêntrico cientista Dr. Emmett “Doc” Brown (Christopher Lloyd). Ademais, preso no passado, Marty deve encontrar uma maneira de se ajustar à nova época, fazer com que seus pais se apaixonem, e retornar ao seu próprio tempo sem ser apagado da existência.

E.T.: O Extraterreste (1982)

Um clássico filme de ficção científica americano de 1982 dirigido por Steven Spielberg. Em síntese, o filme conta a história de Elliott, um menino que faz amizade com um alienígena perdido na Terra, apelidado de “E.T”. Elliott e seus irmãos ajudam o ET a retornar ao seu planeta natal enquanto tentam escondê-lo do governo. Além disso, o filme foi um enorme sucesso e é considerado um clássico do cinema familiar.

Duro de Matar (1988)

Outro clássico do cinema dos anos 80, “Duro de Matar” conta a história de John McClane, um policial de Nova York, visita sua esposa Holly em Los Angeles na véspera de Natal. Contudo, ao chegar à Nakatomi Plaza, um arranha-céu onde Holly trabalha, ele se depara com um grupo de terroristas que tomaram o controle do edifício e fizeram reféns. Entretanto, sozinho e sem contato com a polícia, John assume a missão de deter os bandidos e salvar os inocentes.

Os Fantasmas se Divertem (1988)

Após um acidente de carro fatal, Barbara e Adam Maitland se veem presos como fantasmas em sua antiga casa. Além disso, quando uma excêntrica família se muda para a residência, o casal tenta, sem sucesso, assustá-los. Frustrados, eles contratam a ajuda de Beetlejuice, um bio-exorcista caótico e imprevisível. No entanto, as travessuras de Beetlejuice logo saem do controle, o que coloca em tanto os fantasmas quanto a nova família.

Sociedade dos Poetas Mortos (1989)

“Oh captain, my captain!”. “Sociedade dos Poetas Mortos” emociona e inspira ao mesmo tempo. Aliás, o longa-metragem conta a história de um professor de linguagem que ensina aos alunos o poder da poesia.

Blade Runner: O Caçador de Androides (1982)

Segundo a sinopse oficial, “No século 21, uma corporação desenvolve clones humanos para serem usados como escravos em colônias fora da Terra, identificados como replicantes. Em 2019, um ex-policial precisa caçar um grupo fugitivo vivendo disfarçado em Los Angeles.”

Dirty Dancing (1987)

Por último, o maior romance do cinema dos anos 80. Lançado em 1987, Dirty Dancing captura a essência da cultura jovem da época, com suas músicas contagiantes, coreografias vibrantes e temas de amor e liberdade. Em síntese, a protagonista, Frances “Baby”, se apaixona pelo professor de dança do acampamento de verão e os dois desafiam normais sociais.

Leia também: Black Mirror retorna para a 7ª temporada em 2025

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados