“Don’t Stop Believin” é considerada a maior música da história pela Forbes

O maior sucesso da banda Journey prova como é uma música atemporal e marcante

Ao longo da história da música, poucas canções conseguiram capturar a essência da resiliência humana tão profundamente quanto “Don’t Stop Believin'” do Journey. Desde o seu lançamento em 1981, essa obra-prima sonora tem continuado a ressoar com uma geração após a outra. Aliás, inspirando incontáveis ouvintes a persistir em face da adversidade e a manter a chama da esperança acesa.

Escrita pelos membros do Journey – Jonathan Cain, Steve Perry e Neal Schon – a música rapidamente se tornou o hino de uma era. Enfatizando os sonhos, as lutas e as aspirações de uma legião de fãs. Com uma melodia cativante e letras que falam diretamente à alma, a música se destacou para aqueles que buscavam superar os obstáculos da vida.

Ao longo dos anos, “Don’t Stop Believin” transcendeu o status de uma simples canção para se tornar um fenômeno cultural. Sua inclusão em filmes, programas de TV e até mesmo em eventos esportivos atesta sua ubiquidade e apelo duradouro. A música foi imortalizada em momentos icônicos, como a cena final da série “The Sopranos”, na qual sua escolha deixou uma marca indelével na cultura pop.

A maior música de todos os tempos

O maior hit da banda Journey acabou de ser declarado pela revista “Forbes” como a maior música da história, pelo menos para os Estados Unidos. A faixa é a primeira do álbum “Escape”, lançado no final de 1981. Em suma, a canção é detentora de diversos recordes e já soma 18 certificados de platina, um marco histórico, ainda mais para uma música que  possui mais de quatro décadas. Assim sendo, entre vendas de cópias físicas e consumo nas plataformas de streaming, a “Don’t Stop Believin” movimentou pelo menos 18 milhões de unidades equivalentes somente nos Estados Unidos.

Por outro lado, para solidificar mais ainda o impacto do som nos momentos atuais, a faixa acumula marcos expressivos digitalmente. No Spotify, um dos principais medidores de repercussão musical, “Don’t Stop Believin” está prestes a atingir a marca de 2 bilhões de streams, números vistos apenas em canções atuais que estão na moda, mostrando como é uma obra atemporal e que se destaca entre as demais.

Steve Perry, ex-vocalista do Journey, falou sobre “Don’t Stop Believin'” em 2009, durante entrevista concedida ao programa de assuntos culturais “Q” da CBC.

“A letra é uma letra forte sobre não desistir, mas também é sobre ser jovem, também é sobre sair, não desistir e procurar aquela emoção escondida em algum lugar no escuro que todos nós estamos procurando. É sobre ter esperança e não desistir quando as coisas ficam difíceis, porque estou lhe dizendo que as coisas ficam difíceis para todo mundo”, declarou o cantor e compositor.

Leia também: Relembre o show de Earth, Wind & Fire no Rio que virou álbum

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados