Por que o Prince não participou do hit We Are The World?

O documentário “A Noite que mudou o Pop”, que estreou na Netflix no mês de janeiro, está reacendendo o debate a respeito do hit “We Are The World” e as participações que não aconteceram. Lionel Richie, por exemplo, comentou em entrevista que foi um erro não convidar a Madonna para colaborar da gravação.

Na época, os produtores escolheram Cyndi Lauper, considerada uma das maiores estrelas da época, no lugar de Madonna. “Tínhamos apenas meio verso para cantar e precisávamos de vozes que as pessoas reconhecessem imediatamente”, comentou Richie.

Outro nome que foi muito comentado foi o Prince. Muitas teorias falam do porquê do autor do disco “Purple Rain” não aparecer no projeto icônico. A guitarrista Wendy Melvoin comentou no livro “Let’s Go Crazy”, por exemplo, que o cantor odiou a canção. “Ele acha que é maravilhoso e queria parecer descolado. E ele achou que a canção “We Are The World” era horrível”, ela afirmou conforme a Rolling Stone.

Outro ponto importante é que durante uma entrevista com o portal Acesse Hollywood, Lionel Richie lembrou que ele tentou fazer com que Prince trabalhasse na canção “Quero dizer, eu sentei no telefone com ele”, Richie comentou. “Eu disse ‘Prince, nós todos estamos esperando por você’ Ele disse, ‘Posso gravar em uma sala separada?'”. O cantor reforçou, inclusive, que este tipo de comportamento era normal para o Prince.

“Eu adoraria contar para você que isto é diferente de tudo que ele fez”, Richie continou. “Isso é Prince. Claro que ele não vai entrar num grupo de cantores pontualmente quando queremos que ele apareça”.

Leia também: “Prince tinha medo de Michael Jackson” afirma arranjador vocal do hit “We Are The World”

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados