Ryan Gosling quase fez parte dos Backstreet Boys

Ryan Gosling entrou para história do cinema depois de sua participação no filme de maior sucesso em 2023. Além de financeiramente ter rendido muito ao astro, seu papel como Ken em “Barbie” fez Ryan ganhar uma visibilidade enorme, principalmente com o hit tema de seu personagem, “I’m Just Ken”. A música, apesar de ter um tom engraçado e cômico, recebeu diversos elogios, e a entrega de Ryan para a cena foi extremamente visível. Por consequência, a faixa foi ouvida mais de 100 milhões de vezes no Spotify.

Ainda assim, o sucesso não parou apenas nos aplicativos de música e chegou ao Oscar 2024, que aconteceu ontem, dia 10, quando o ator recebeu seu merecido espaço na noite épica do cinema. Durante a premiação, os holofotes se voltaram para Ryan, que com a participação inesperada de Slash, guitarrista da renomada banda Guns N Roses, fez sua apresentação da música de Ken. Inegavelmente, foi uma das cenas mais marcantes da noite e uma das apresentações musicais que ficarão para história do Oscar.

Entretanto, Ryan fazendo o papel de cantor não é de hoje. O astro do cinema por pouco não foi integrante de uma das maiores boy bands da história. Muito estranho pensar que um dos melhores atores da atualidade quase foi integrante dos Backstreet Boys.

A história de Ryan com os Backstreet Boys

O canadense Ryan Gosling nasceu em Ontario, filho de uma secretária e um operador de fábrica de papel. Ele iniciou sua carreira como um ator mirim pela Disney Channel, no Clube do Mickey, aos treze anos, tendo superado 17 mil candidatos. No programa, ele trabalhou com outros grandes artistas que fizeram seu nome musicalmente, como Christina Aguilera, Britney Spears e Justin Timberlake. 

Após o término da série, o astro embarcou para Los Angeles, com o intuito de alavancar sua carreira na indústria do cinema. Porém, as coisas não foram tão simples para Ryan, que demorou para realmente crescer como ator. Neste meio tempo, a história dele com a música veio à tona, e Gosling acabava ganhando seu dinheiro cantando em casamentos e outros eventos. 

Por outro lado, na época que vivia em LA, Ryan era vizinho e amigo de A.J. McLean, membro dos Backstreet Boys, e assim se iniciou toda esta situação inusitada. Com a história sendo revelada pelo membro da Boyband, Gosling havia recebido um convite para fazer parte do grupo, ainda quando estavam iniciando a trajetória. Mas Gosling desdenhou dos BSB. Em uma entrevista, ao site Celebuzz, o ator contou que pouco confiou no sucesso do grupo. “Eles já não têm o New Kids On The Block? Vocês estão um pouco atrasados”, disse para A.J. na época. 

McLean declarou que o astro de Hollywood não acreditava no sucesso dos Backstreet Boys. Quando o quinteto começou a ocupar os lugares mais altos das paradas, Gosling foi falar com o amigo, mas não obteve resposta. Ao TMZ, o McLean explicou que não o ignorou de forma intencional, apenas tinha perdido o número de Gosling. “Mas se você quiser ser um sexto membro do grupo, pode vir”, disse A.J. “Ele não é apenas um ótimo ator e um cara bonitão. Ele sabe cantar!”, elogiou o cantor.

Leia também: Oscar 2024 entrega seis recordes e feitos inéditos

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados