Titãs encerra a turnê “Encontro” de forma grandiosa no Lollapalooza Brasil

Tem coisas que nunca mudam. Desde a década de 1980 até agora, a banda Titãs de rock segue lotando estádios e trazendo multidões para o Lollapalooza Brasil. O evento, conhecido por trazer atrações internacionais, escolheu encerrar um o segundo dia de festival comaapresentação da turnê “Titãs Encontro”.

Como de costume, o headliner tem o show mais comprido, começando às 22h35 e terminando às 00h20. Apesar de ter chovido o dia inteiro, o público estava animadíssimo quando sete integrantes originais do grupo subiram ao palco Samsung.

O setlist foi um pouco menor do que comparado às outras apresentações da turnê “Titãs Encontro”. No entanto, ainda assim eles trouxeram uma coleção de hits como “Marvin”, “Epitáfio”, “Bichos Escrotos”, “Homem Primata” e claro a música de estreia deles “Sonífera Ilha”.

Branco Mello aproveitou, aliás, a oportunidade para demonstrar gratidão por estar recuperado de seu problema nas cordiais vocais. “Estou curado e vivo” o Titã falou e emocionou a plateia.

Sobretudo, o show foi repleto de momentos emocionantes. A filha de Marcelo, por exemplo, foi convidada para participar com Arnaldo.

A única parte ruim da apresentação foi que, apesar de insistência da plateia, os expoentes do rock brasileiro não voltaram um bis. Ainda assim, o grupo mostrou o porquê é headliner de um dos maiores festivais do Brasil e como continuam agradando diversas gerações.

Sobre o segundo dia Lollapalooza Brasil

O line-up do segundo dia Lollapalooza Brasil foi diverso. Os nomes selecionados passam por funk, trap, pop e rock. Da nova geração brasileira, por exemplo, tivemos Manu Gavassi, Tulipa Ruiz, Xamã e Mc Luana. Cada um trouxe sua sonoridade única para um Autódromo chuvoso e repleto de lama.

Agora, falando da atrações internacionais, tivemos nomes como Hozier, Thirty Seconds To Mars, Kings of Leon e Limp Bizkit.

Leia também: Titãs: um dos maiores símbolos do rock nacional

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados