10 artistas que torcem para o Chelsea

A Inglaterra é o berço do futebol: foi lá que o esporte mais popular do mundo surgiu e cresceu. Assim sendo, a cultura da bola sempre esteve enraizada no país, com diversos jogadores renomados sendo criados, transformando o campeonato inglês numa referência ao mundo todo, tanto falando de futebol jogado, quanto de infraestrutura. 

Por outro lado, além da qualidade técnica dos atletas e do poder econômico, a liga inglesa agrupa alguns dos times mais icônicos da história. Em suma, o “big-six”, os seis principais times da liga, são os destaques do futebol da região. Esses clubes têm uma grande base de fãs, uma história rica em títulos e geralmente estão entre os principais competidores pela liga e outros troféus importantes. Chelsea, Manchester City, Manchester United, Liverpool, Arsenal e Tottenham são as equipes presentes no seleto grupo dos gigantes.

Eles são conhecidos por gastar grandes quantias em transferências de jogadores e têm alguns dos maiores orçamentos do futebol europeu. Os jogos sempre são altamente competitivos e atraem grande atenção da mídia e dos fãs. E nesta quinta-feira (4) não é diferente: Chelsea e United se enfrentam em jogo válido pela 31° rodada da Premier League.

Assim, para fazermos esta mescla entre futebol e música, separamos 10 artistas que torcem para o time da casa, o Chelsea, de acordo com o site The Shed. Confira a lista!

Jimmy Page

Steve Jones

Tracey Thorn

Mark Hoppus 

Damon Albarn

Bryan Adams

Morten Harket 

John Taylor 

Lars Ulrich

Andy Fletcher 

 

A combinação de futebol e música na Inglaterra

Na rica tapeçaria cultural da Inglaterra, duas paixões são tecidas com fios entrelaçados: música e futebol. Desde os coros ensurdecedores nas arquibancadas até os hinos entoados nas ruas, a relação entre a música e o futebol na Inglaterra é uma fusão tão profunda quanto icônica.

A essência dessa ligação transcende as fronteiras dos estádios e dos palcos, construindo a identidade coletiva de todo um país. No coração dessa conexão está, sem dúvida, a tradição dos cânticos das torcidas, onde os torcedores transformam estádios em sinfonias de apoio.

Em cada partida, é comum ouvir os acordes dos hinos dos clubes, entoados com a voz do povo. De Anfield Road, onde os torcedores do Liverpool celebram o “You’ll Never Walk Alone”, ao Old Trafford, onde os seguidores do Manchester United elevam o “Glory, Glory Man United”. Aliás, essas músicas não são apenas canções, mas rituais sagrados que unem comunidades em um só coro.

Além dos estádios, a música se infiltra nas narrativas do futebol inglês de maneiras diversas. Artistas renomados, como Elton John, que é presidente honorário do Watford FC, e Rod Stewart, um fanático torcedor do Celtic FC, demonstram o vínculo pessoal entre a música e o esporte.

Por fim, a sinergia entre eles também se manifesta nos festivais de verão, onde bandas e artistas se apresentam para multidões vestindo as camisas de seus clubes. Festivais como o Glastonbury e o Reading Festival tornaram-se palcos onde as rivalidades futebolísticas ficam de lado em uma celebração única da música e da cultura.

Leia também: Fiuk já fez cover de Harry Styles; relembre!

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados