Diane Warren e suas 15 indicações ao Oscar

Diane Warren é uma das mais renomadas e diversificadas compositoras da música contemporânea, com uma carreira que abrange décadas e uma lista impressionante de sucessos. Nascida em 1956, em Los Angeles, Califórnia, ela começou sua jornada musical desde cedo, compondo na adolescência, com o intuito de buscar sua grande chance na indústria da música. 

Ao longo de sua carreira, a artista colaborou com uma grandes nomes de renome mundial, incluindo Celine Dion, Whitney Houston, Aerosmith, Lady Gaga, Beyoncé e muitos outros. Como resultado, suas músicas alcançaram o topo das paradas inúmeras vezes e receberam inúmeros prêmios, incluindo múltiplos Grammys e indicações ao Oscar.

Diane Warren e o Oscar

Falando de Oscar, a compositora tem uma história muito singular em relação à premiação mais importante do cinema. Warren já soma 15 indicações no evento, todas elas na categoria de Melhor Canção Original, assim sendo a pessoa mais vezes indicada nesta camada do Oscar.

Apesar da indicação já ser por si só um feito honrável e para poucos, perder não é nada fácil. Imagine para Diane, que em contraste com a felicidade de estar nomeada, não levou nenhum troféu em todas as oportunidades que esteve lá.

Com a 15° indicação, que aconteceu no Oscar 2024, a história peculiar da compositora com a premiação veio mais à tona. Dessa maneira, a Alpha separou todas as canções originais que trouxeram Diane Warren à noite mais épica da indústria cinematográfica.

Starship – Nothing’s Gonna Stop Us Now ( do filme “Manequim” )

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Por conta de tantas indicações ao longo dos anos, Diane Warren já recebeu um Oscar honorário, visto que é a única pessoa a receber a homenagem. Ainda assim, a compositora, inegavelmente, deseja vencer ao menos uma vez a estatueta.

“Se eu gostaria de ganhar? Claro! Se não acontecer, eu já ganhei! Tiveram anos que achei que fosse ganhar, especialmente com a canção que fiz com Lady Gaga, mas fico realmente feliz só de ser indicada. É uma honra. São centenas de músicas feitas para filmes todos os anos e apenas cinco canções são selecionadas pelos grandes profissionais da música no planeta”, disse Diane no Oscar deste ano.

Na premiação do último domingo, Warren supostamente se revoltou com o resultado de sua categoria, na qual Billie Elish recebeu a honraria. Inesperadamente, correu atrás dos membros do conselho por conta da decisão final.

Leia também: Oscar 2024: uma noite de reencontros

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados