Documentário sobre Nickelback, “Hate to Love” chega aos cinemas brasileiros em março

Produção abordará toda a trajetória da banda, sobretudo o auge comercial em 2001 e o hate advindo do sucesso

O documentário “Hate to Love”, que abordará toda a trajetória do Nickelback, chegará aos cinemas brasileiros no próximo mês de março. Dirigida pelo cineasta britânico Leigh Brooks, a produção estreou inicialmente no ano passado, durante o Festival Internacional de Cinema de Toronto. Agora, poderá ser assistida pelos fãs em todo mundo.

Conforme o diretor, as filmagens duraram cerca de seis anos e terminaram em julho de 2022. O foco do filme de 105 minutos estará na ascensão comercial do grupo com o álbum “Silver Side Up” (2001). Além disso, nos comentários negativos surgidos com o sucesso – inclusive, com a banda sendo conhecida como “a mais odiada de todos os tempos”.

Em resumo, “Hate To Love” ficará em cartaz nos dias 27 e 30 de março, em várias salas pelo Brasil (você pode conferir mais informações aqui). Uma sinopse divulgada diz:

“Um profundo documentário de longa metragem sobre uma das bandas de rock mais bem sucedidas do mundo. Esse filme conta a verdadeira história do Nickelback desde seu humilde começo em Alberta, ao explosivo sucesso de ‘How You Remind Me’ em 2001, e os hits de sucesso que seguiram e continuam até hoje. Porém, junto com a fama de ‘Rockstar’, a banda também recebeu uma onda de negatividade online, que muitos outros artistas tiveram de encarar desde então.

Em entrevistas reveladoras e honestas, a banda discute a criação do Nickelback e a sua incrível ascensão ao topo nos anos 2000. Eles revelam os impactos pessoais dos abusos na internet; da lealdade dos seus fãs; e da decisão de retornar à música depois de um intervalo de cinco anos, com um novo álbum e uma nova turnê de sucesso. Agora, eles encontram-se em uma repentina onda de amor na internet, que apresentou a sua música a um novo exército de fãs.”

Nickelback e “Silver Side Up”

Aliás, é do disco “Silver Side Up” que surgiram os hits “Never Again”, “How You Remind Me”,”Woke Up This Morning” e “Too Bad”. Só em sua primeira semana, o projeto vendeu 178 mil cópias nos Estados Unidos, estreando no segundo lugar da parada Billboard 200, apenas atrás de Jay Z.

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados