Por que Zayn nunca fez uma turnê solo?

Cantor deixou o One Direction no início de 2015 e, desde então, permaneceu longe dos palcos com raras exceções

Zayn Malik ganhou fama mundial ao integrar a boy band One Direction. Sobretudo, o cantor fez parte do grupo por cinco anos, até que anunciasse sua saída em março de 2015. Desde então, iniciou uma carreira solo bem-sucedida. O primeiro álbum, “Mind of Mine”, chegou a público cerca de um ano após deixar os colegas.

Assim, vieram mais trabalhos: “Icarus Falls” (2018), “Nobody Is Listening” (2021) e “Room Under the Stairs” (2024) terminam de compor sua discografia. Contudo, apesar dos quatro discos, o artista fez pouquíssimas apresentações ao vivo nos últimos anos.

E há um motivo: a ansiedade. Em comunicado cancelando apresentações em Dubai em 2016, ele explicou:

“Queridos fãs, nos últimos três meses tenho trabalhado pra superar a minha ansiedade extrema em grandes shows solo. Sinto que estou progredindo, mas ainda não estou confiante o suficiente para fazer o show em Dubai. Estou realmente sentido que terei que decepcioná-los.”

No passado, chegou a desistir de cantar na Wembley Arena, na Inglaterra, durante o Capital Summertime Ball, pouco antes de subir ao palco:

“Infelizmente, a ansiedade tem me assombrado nos últimos meses em relação as minhas apresentações ao vivo e tem tirado o melhor de mim. Com a magnitude do evento, eu sofri a pior ansiedade da minha carreira. Não posso me desculpar o suficiente, mas quero ser honesto com todos que esperaram para me ver. Eu sei que quem sofre de ansiedade vai entender e espero que os outros também entendam.”

Zayn Malik em turnê?

Em 2016, o site britânico Daily Star afirmou que Zayn ficava “aterrorizado” com a ideia de sair em turnê pelo mundo. Contudo, agora, as coisas parecem ter mudado.

No último dia 17 de maio, o cantor fez seu primeiro show completo desde que deixou a 1D – até então, só havia realizado aparições em programas e pequenas participações em festivais. Em Londres, na Inglaterra, ele entoou seis faixas: “My Woman”, “Alienated”, “Birds on a Cloud”, “Concrete Kisses”, “Dreamin” e “Gates of Hell”.

Não só, como, agora, até cogita tocar ao redor do mundo. À Harpers Bazar da Índia, ele revelou o desejo:

“Acho que meu próximo objetivo, tanto pessoal quanto profissionalmente, é fazer uma turnê novamente e ter um bom equilíbrio entre estar na estrada e em casa. Eu nunca fiz uma turnê solo e é um grande passo, mas estou pronto e sou grato por todos terem sido tão pacientes. Está na hora!”

Para a SiriusXM, em maio, completou que “voltaria aos ensaios” e “esperançosamente montaria uma turnê”. Na verdade, em julho do ano passado, em streaming party com os fãs, já disse que estava sentindo-se pronto.

spot_img

Novos conteúdos

spot_img

RELACIONADOS

Relacionados