A lista de exigências dos artistas do Lollapalooza 2024

O Lollapalooza 2024 está chegando! Neste fim de semana, o festival acontece para milhares de pessoas que vão estar presentes no espaço, bem como para aqueles que estarão com as tvs ligadas. Com o evento se aproximando e, acima de tudo, os artistas nacionais e internacionais se deslocando para São Paulo, algumas questões acabam surgindo. Dentre todos os questionamentos, a curiosidade de saber como os artistas são fora dos palcos é a maior entre os fãs.

Assim sendo, hoje vamos falar sobre como as celebridades se comportam momentos antes das performances. Quais exigências os nomes da edição deste ano pedem em seu camarim? Confira abaixo algumas delas!

Sam Smith

Um dos nomes mais aguardados da edição de 2024 do Lollapalooza Brasil certamente é Sam Smith. Com uma carreira brilhante, já faturou quatro Grammy Awards, um Globo de Ouro, um Oscar e três BRIT Awards. O cantor desembarca no país para um show no último dia de festival, no domingo, dia 24. Em seu camarim, ele pediu três vasos dourados ou de cores claras contendo 12 rosas brancas sem espinhos. Smith quer também gelo para fazer sua fisioterapia.

SZA

No próximo domingo (24), a cantora americana SZA sobe ao palco no Lollapalooza Brasil 2024. Além de ser a responsável por encerrar o festival, essa será a primeira vez da cantora por aqui. A princípio, ela requisitou plantas como rosas brancas, copo-de-leite e flores brancas, purificador de ar, umidificador e shots de gengibre para sua equipe.

Blink-182

O primeiro dia de festival será muito especial. Isso porque o evento musical trará pela primeira vez ao Brasil a banda de rock Blink-182. Formada por Tom DeLonge, Mark Hoppus e Travis Barker, a banda é, sem dúvidas, uma das mais importantes e marcantes dos anos 90 e 2000. Para ficarem à vontade, o grupo solicitou em seu camarim um chef de cozinha com cinco assistentes. Aliás, Travis Barker, baterista do grupo, é vegano.

Timmy Trumpet

Timmy Trumpet é conhecido por suas performances enérgicas e cativantes em festivais de música eletrônica e clubes ao redor do globo. O DJ se apresenta sábado, no palco Perry e, por outro lado,  foi muito mais humilde que os outros. Ele apenas quer uma bandeira do Brasil, estratégia infalível para trazer o público brasileiro à loucura.

Pierce The Veil

Combinando elementos de punk, emo, rock e metal, Pierce the Veil sobe no palco Alternativo, no sábado (23). Sua habilidade de combinar letras sinceras com uma entrega vocal poderosa e instrumentação emocionante os solidificou como uma das bandas mais influentes no gênero do post-hardcore. Antes de tudo, incluíram em sua lista de pedidos muitos gengibres, quatro limões, tábua e faca.

A 11ª edição do Lollapalooza ocorre no Autódromo de Interlagos, em São Paulo. Os ingressos ainda estão sendo vendidos por meio do site Ticketmaster e custam a partir de R$ 1.000, com meia-entrada por R$ 500.

Leia também: Lollapalooza Brasil terá distribuição de squeezes e estações de água; garrafas destampadas entram

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados