Como foi a primeira edição do Lollapalooza no Brasil?

O Lollapalooza 2024 está chegando! A próxima edição do festival acontece neste final de semana e reúne grandes nomes da música nacional e internacional. Entre os nomes confirmados no line-up, estão: Sam Smith, Paramore e Gilberto Gil, além de Titãs Encontro, cuja apresentação marca o encerramento da turnê. Ao todo na edição deste ano, serão quatro palcos espalhados pelo Autódromo de Interlagos que contarão com shows de diferentes estilos musicais iniciando-se às 12h. Mas você sabe como foi a primeira edição aqui no Brasil?

O Começo de tudo: 

O Lollapalooza teve sua origem nos Estados Unidos, em 1991, criado pelo vocalista da banda Jane’s Addiction, Perry Farrell. O festival surgiu em um momento em que o grupo estava se separando, e serviu de palco para a apresentação de despedida – coincidência ou não, o mesmo acontece hoje com a banda de rock brasileira Titãs, que faz seu último show na noite de sábado (23) no palco Samsung Galaxy.

Apesar de ter tido seu início na década de 90, o festival chegou ao Brasil apenas em 2012, e o local escolhido para a primeira edição em solo brasileiro foi o Jockey Club. A estreia do Lollapalooza no país aconteceu nos dias 7 e 8 de abril, contando com 70 atrações em cinco palcos espalhados pelo local. Ao todo, teve um público de mais de 130 mil pessoas. Entretanto, no último dia, o clima estava ensolarado e quente, mas nem por isso a plateia desanimou.

Sucessos e Problemas da Primeira Edição do Lollapalooza

Além disso, o line-up não deixava nada a desejar. Entre os headliners estavam atrações como: Foo Fighters e Arctic Monkeys, que encerrou a segunda noite da estreia do Lollapalooza debaixo de chuva forte em apresentação para mais de 60 mil pessoas – era notável que o local estava mais tranquilo quando comparado ao primeiro dia. Somado a isso, na época, o grupo havia sido eleito como a melhor banda ao vivo de 2011, gerando grande expectativa para os fãs.

Porém, no primeiro dia de Lollapalooza filas enormes se formaram em todos os caixas e lotações presentes no Jockey Club. A saída do local foi tranquila para quem resolveu ir embora antes do encerramento do show do Foo Fighters. Todavia, quem acompanhou até os instantes finais enfrentou a falta de estrutura, a ausência de táxis e de transporte público, acumulando muitas pessoas na rua.  

Leia também: Saiba a curiosa origem do festival Lollapalooza

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados