Luis Miguel volta a cantar no Brasil depois de 12 anos

Cantor mexicano se apresentou no sábado (23), no Allianz Parque.

A cidade de São Paulo amanheceu chuvosa e o Allianz Parque se coloriu de um céu nublado neste sábado (23), dia que marcou a volta do cantor Luis Miguel ao Brasil.

Entretanto, o tempo fechado não desanimou o público. Faça chuva ou faça sol, a espera para rever o mexicano já durava 12 anos e os fãs não aguentavam mais contar os minutos para o início da apresentação. Assim, os portões do estádio só abriam às 17h, mas as ruas da Avenida Francisco Matarazzo já se enchiam de pessoas muito antes disso.

Os looks extravagantes escolhidos para assistir ao show se cobriram por capas de chuva e blusas de frio. Mas, em qualquer lugar que se olhava, o público estava feliz e animado para finalmente poder cantar as clássicas músicas que marcaram gerações. E, por falar nelas, haviam uma grande variedade de idades presentes: crianças com suas mães, casais adultos apaixonados, jovens e seus amigos, além de muitos avôs e bisavós.

Luis Miguel volta a cantar no Brasil depois de 12 anos

O palco montado já mostrava um ‘gostinho’ de que Luis Miguel iria entregar uma performance elaborada. Logo na primeira música, que se iniciou por volta das 20h30, notava-se que um espetáculo iria se desdobrar, especialmente pela ajuda da enorme banda, backing vocals e, claro, da própria voz do cantor.

Assim, o público pulou em “Ahora Te Puedes Marchar”, se emocionou ao som de “La Incondicional” e cantou a plenos pulmões “Hasta Que Me Olvides”. Até mesmo na troca de figurino do cantor os fãs não ficaram parados: um prestigiado grupo de mariachis encantava enquanto o show estava interrompido.

E se engana quem pensa que a apresentação se limitou ao espanhol. Luis Miguel também desenrolou no inglês com o cover de “Come Fly With Me“, de Frank Sinatra. Contudo, outras interpretações também foram realizadas, como o dueto virtual de “Smile“, com Michael Jackson.

O Brasil só não contou com a memorável “La Barca”, que ficou de fora do espetáculo. Muitos não acreditaram e, mesmo ao final da apresentação, se mostravam confusos em acreditar que a canção não iria ser tocada. O ‘Sol do México’ também se reservou quanto a interação com os fãs brasileiros, apenas mandando beijos com as mãos em sinal de despedida.

Agora, resta o devoto público esperar novamente a vinda do artista, torcendo para que não demore muito.

Leia também: Titãs encerra a turnê “Encontro” de forma grandiosa no Lollapalooza Brasil

Novos conteúdos

Relacionados

Relacionados